Um certo dia num convento de freiras o padre ouviu cantar uma irma:
que dizia eu vou para o ceu,
eu vou para o ceu. Qual foi o espanto do padre e tal a curiosidade que resolveu chamar a irma e perguntando-lhe como teria assim tanta certeza que iria para o ceu.
ela disse-lhe que nunca tinha pecado, so praticava boas accoes so poderia ir pro ceu.
o padre respondeu-lhe que sim mas para ir para o ceu teria que tirar a medida ao buraco que era impregendivel para ir para o ceu.
tirar a medida ao buraco que e isso Sr. padre?
olhe va logo a noite a sacristia que eu mostro-lhe como e. Assim foi. Ao outro dia a irma feliz da vida cantava ainda mais alto EU VOU PRO CEU, EU VOU PRO CEU...A irma superiora indeguinada com a situacao resolveu como e natural saber qual a razao.
O irma como sabe que vai pro ceu? O irma superiora eu nunca pequei,so pratico boas accoes e alem disso ja tirei a medida ao buraco...TIROU A MEDIDA AO BURACO...QUE HISTORIA E ESSA?
O SR padre e que sabe, eu foi la ontem a noite a sacristia ele tem uma coisa no meio das pernas dele meteu-me no meio das minhas pernas e disse-me ja esta a medida tirada...
A madre supriora dissendo AI O FILHO DUMA GRANDE CABRA QUE ME METEU ESSA COISA QUE TEM NO MEIO DAS PERNAS NA MINHA BOUCA E DISSE-ME QUE SUPRASSE COM FORCA QUE ERA PARA CHAMAR OS ANJOS